Com arbitragem polêmica, Palmeiras cede empate ao Sport e perde chance de colar no líder

O Verdão chegou a estar em vantagem no placar e com um homem a mais em campo, mas, após uma controversa expulsão de Zé Rafael, sofreu gol e somou apenas um ponto dentro de casa

  • Por Jovem Pan
  • 13/09/2020 21h42 - Atualizado em 13/09/2020 21h50
Marcello Zambrana/Estadão ConteúdoJogadores do Palmeiras reclamam com o árbitro Diego Pombo após a expulsão de Zé Rafael

O Palmeiras perdeu uma grande chance de colar na liderança do Campeonato Brasileiro. Horas depois de ver o primeiro colocado, Internacional, perder para o Goiás fora de casa, o Verdão enfrentou o Sport, no Allianz Parque, mas apenas empatou por 2 a 2. O time comandado por Vanderlei Luxemburgo chegou a estar em vantagem no placar e com um homem a mais em campo, mas, após uma polêmica expulsão de Zé Rafael no segundo tempo, cedeu a igualdade e desperdiçou a oportunidade de emendar a terceira vitória seguida na competição nacional. O Palmeiras, que poderia encerrar a 10ª rodada na segunda posição, a um ponto do Inter, agora ocupa o sexto posto, três pontos atrás do líder – o Verdão, no entanto, tem um jogo a menos que o Colorado.

Por sua vez, o Sport evitou a segunda derrota seguida e, com 11 pontos, é o 14º colocado. As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão no próximo domingo, 20. Às 16h (de Brasília), o Palmeiras encara o Grêmio, em Porto Alegre. Já às 20h30, o time pernambucano encara o Fluminense, na Ilha do Retiro. Antes disto, no entanto, o Verdão tem compromisso pela Copa Libertadores da América. Na próxima quarta-feira, 16, às 21h30, os alviverdes retomam participação no torneio continental diante do Bolívar, fora de casa.

O Palmeiras começou o jogo deste domingo levando um susto. Aos 10min, Wesley empurrou Patric dentro da área e cometeu pênalti, que Iago Maidana converteu: 1 a 0 Sport. A virada, porém, veio ainda no primeiro tempo. Willian, aproveitando erro de Sander em recuo para o goleiro, empatou aos 28min, e Zé Rafael, em chutaço no ângulo de fora da área, anotou o segundo aos 41min. Pouco antes do intervalo, Sander cometeu falta dura em Wesley e foi expulso. A vitória estava bem encaminhada.

Só estava… O Palmeiras até começou a segunda etapa em cima do Sport, mas desperdiçou chance clara com Willian logo no início e, no lance mais polêmico do jogo, perdeu Zé Rafael, expulso aos 13min por acertar o braço no peito de Marquinhos. O árbitro Diego Pombo entendeu que houve uma agressão por parte do meia alviverde e mostrou o cartão vermelho. Com igualdade numérica, o Sport ganhou mais confiança, cresceu no jogo e chegou ao empate aos 18min. Lucas Mugni recebeu ótimo passe de Rogério, aproveitou desatenção de Luan e tocou no ângulo, na saída de Weverton. Sem a vitória, o Palmeiras passou a pressionar, viu Willian perder gol após driblar o goleiro já nos acréscimos e teve de se contentar com um amargo empate por 2 a 2 dentro de casa.

Lucas Mugni comemora o segundo gol do Sport contra o Palmeiras no Allianz Parque