Depois de um mês, árbitro da final do Campeonato Paulista volta a ser escalado

  • Por Jovem Pan
  • 09/05/2018 18h15 - Atualizado em 09/05/2018 18h22
Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação O árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza comandou o polêmico duelo entre Palmeiras e Corinthians na final do Campeonato Paulista deste ano

Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, árbitro da polêmica final entre Palmeiras e Corinthians no Campeonato Paulista, está de volta à ativa. O juiz foi escalado pela Confederação Brasileira de Futebol para apitar a partida entre Criciúma e Juventude, no próximo dia 15, às 21h30min, no estádio Heriberto Hulse, na cidade catarinense.

No dia 8 de abril, na decisão do Paulistão, o árbitro marcou um pênalti de Ralf em Dudu na etapa final e depois de oito minutos de paralisação, decidiu voltar atrás da marcação. O Palmeiras acusa Marcelo Aparecido de ter recebido informações de fora do campo, o que configura interferência externa.

O clube alviverde tenta até hoje provar que a ação, considerada proibida no futebol, aconteceu. O pedido de impugnação da partida entre Palmeiras e Corinthians foi feito no TJD-SP, que por sua vez negou. O órgão alega que o clube entrou com a ação fora do prazo. Com a negativa, o Palmeiras recorreu nesta quarta-feira (9) ao STJD e promete ir até ao CAS.