Jogadores de Palmeiras e São Paulo são vacinados contra a Covid-19 no Paraguai

Delegações receberam o imunizante na sede da Conmebol antes das partidas de oitavas de final da Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 17/06/2021 18h18
Reprodução/ Twitter @CONMEBOL

Nesta quinta-feira, 17, a delegação do São Paulo (incluindo jogadores e integrantes da comissão técnica) viajou para o Paraguai seguindo uma recomendação da Conmebol, entidade que organiza a Copa Libertadores, para receber a primeira dose da vacina contra o vírus da Covid-19. A imunização foi feita na própria sede da entidade que comanda o futebol sul-americano. Em mensagem no Twitter, a Conmebol postou uma fotos da imunização dos jogadores com a seguinte inscrição: “Seguimos cuidando dos nossos atletas. Imunizamos os jogadores brasileiros do São Paulo, Palmeiras e Atlético-MG em nossa sede. Conmebol, cuidando sempre da família do futebol”, escreveu. O Palmeiras também compareceu no país vizinho nesta semana, assim como os mineiros. Todos estão classificados para as oitavas de final da Libertadores. Os imunizantes que estão sendo aplicados nos jogadores fazem parte de um lote de 50 mil doses que a Conmebol recebeu ainda em abril.

De acordo com o cronograma no Paraguai, a vacinação aconteceu no período da tarde, após o almoço. Na programação estabelecida pelo clube, nesta quinta-feira todo o pessoal do futebol estaria de folga. A volta ao Brasil será durante a noite. O São Paulo volta a atuar pela Libertadores somente em julho. O adversário da equipe paulista é o Racing, da Argentina. A partida de ida está marcada para o dia 13, no Morumbi. O confronto de volta acontece no dia 20, no estádio Presidente Perón, em Buenos Aires. O Palmeiras enfrenta a Universidad Católica nos dias 14 e 21, enquanto o Atlético-MG pega o Boca Juniors nos dias 13 e 20.

*Com informações do Estadão Conteúdo