Palmeiras inscreve Endrick, Merentiel e López na Libertadores

Aptos para disputar as quartas de final contra o Atlético-MG, os três entram nas vagas de Daniel, Serafim e Deyverson

  • Por Jovem Pan
  • 29/07/2022 14h15 - Atualizado em 29/07/2022 14h20
Divulgação/Palmeiras Endrick assinou o primeiro contrato profissional com o Palmeiras Endrick está inscrito na Copa Libertadores da América

O Palmeiras informou na tarde desta sexta-feira, 29, que fez mudanças na lista de inscritos para a Copa Libertadores da América. Além de registrar os reforços Miguel Merentiel e Flaco López, o Verdão também poderá contar com o jovem Endrick, atacante prodígio das categorias de base e que apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF nesta semana. Aptos para disputar as quartas de final contra o Atlético-MG, os três entram nas vagas de Daniel, Serafim e Deyverson. Vale lembrar que a partida de ida está marcada para a próxima quarta-feira, 3, no Mineirão, enquanto a volta acontece no dia 10 de agosto, no Allianz Parque. Quem avançar para a semifinal irá enfrentar o vencedor de Athletico-PR x Estudiantes (Argentina).

Antes do confronto diante do Atlético-MG, no entanto, o Palmeiras volta a campo neste sábado, 30, quando enfrenta o Ceará, no Castelão, pela rodada 20 do Campeonato Brasileiro. Líder do torneio, o Alviverde terá o retorno do lateral-esquerdo Piquerez, que treinou normalmente após sentir dores na coxa esquerda. “Estou feliz demais por estar de novo à disposição do time e do treinador e feliz também pelo Vanderlan, que ficou jogando enquanto eu estava machucado e fez ótimas partidas. Nosso objetivo é arrancar bem neste segundo turno. Será um jogo muito difícil fora de casa, mas estamos preparados para lutar e ganhar os três pontos”, afirmou ao canal oficial do clube. “O Palmeiras fez um primeiro turno muito bom, os números todos foram bons, e agora é seguir trabalhando, pois não há outro segredo. O treinador fala muito isso para nós e somos muito conscientes disso. É ter um bom grupo, trabalhar bem, estar unidos, ter os pés na terra e seguir lutando”, finalizou.