Roger Machado coloca grupo do Palmeiras como o mais difícil da Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2018 16h15
Cesar Greco/Agência Palmeiras/DivulgaçãoRoger Machado não deu pistas de qual o time titular da partida contra o Junior Barranquilla

O treinador Roger Machado concedeu uma breve entrevista coletiva em Barranquilla, na Colômbia, onde o Palmeiras se prepara para a estreia da Libertadores nesta quinta-feira (1º) contra o Junior Barranquilla. Este é o primeiro desafio que o Alviverde terá pelo Grupo 8 da competição, que conta também com Boca Juniors e Alianza Lima. Para Roger, este é o grupo mais difícil desta fase do torneio.

“Nosso grupo, tenho certeza absoluta, é o mais forte de todos da Libertadores. É o mais equilibrado, com nível alto. Características muitas vezes parecidas e detalhes diferentes dentro das equipes”, admitiu o treinador, que terá a missão de fazer o Palmeiras superar as eliminações precoces que sofreu nos últimos dois anos – o time caiu na fase de grupos em 2016 e nas oitavas de final em 2017: “Não tenha dúvida de que se classificar num grupo forte como esse nos capacita para coisas maiores dentro da competição”.

Sobre o primeiro adversário, o Junior Barranquilla, Roger reconheceu que o time colombiano possui um estilo de jogo muito semelhante ao do Palmeiras e, por este motivo, será preciso ter mais cuidado, ao mesmo tempo que não poderá deixar de atacar o adversário.

“O que posso dizer com relação a esse enfrentamento específico é que vai ser um jogo de duas equipes que gostam de jogar, de ter a bola. Minhas equipes têm a posse, mas sabem se defender bem sem a bola e pressionar o adversário. O Junior, dentro de casa, busca sempre o gol. Não podemos abdicar de atacar, se resguardando apenas. Temos que tentar propor o jogo também, tentar surpreender o adversário mesmo jogando dentro de sua casa”, analisou o treinador.

Roger ainda falou sobre Miguel Borja, que fará o seu primeiro jogo no país natal desde sua vinda ao Brasil e terá pela frente justamente o seu time do coração. Para o técnico, ele pode fazer a diferença na partida desta quinta-feira:

“Aqui ele é muito respeitado, a gente conta com o futebol dele e do Guerra, que também conhece o contexto local. Miguel é referência aqui e para nós, pela qualidade do seu jogo”, afirmou Roger, que apesar de citar o meia venezuelano, não deu pistas de que ele será titular no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez: “Minha equipe está confirmada, porém não vou passá-la, somente mais próximo do jogo”.

O duelo entre Junior Barranquilla x Palmeiras, válido pela Libertadores, acontece nesta quinta-feira (1º). E a Jovem Pan apresenta todas as emoções do duelo com som e imagem. Além de transmitir a partida pelo AM 620 e aplicativos, a JP traz a narração de Fausto Favara e comentários de Mauro Beting nas redes sociais e YouTube.