Weverton explica por que bateu o último pênalti na final da Recopa Sul-Americana; confira

Na disputa por penalidades com o Defensa y Justicia, o goleiro encheu o pé e viu a bola passar por cima da meta, decretando o vice-campeonato do Verdão na Recopa Sul-Americana

  • Por Jovem Pan
  • 15/04/2021 11h00
ANDERSON PAPEL/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDOWeverton perdeu o último pênalti na final entre Palmeiras x Defensa y Justicia

Weverton terminou a partida entre Palmeiras e Defensa y Justicia, na madrugada desta quinta-feira, 15, no Mané Garrincha, em Brasília, como vilão. Na disputa por penalidades com o time argentino, o goleiro encheu o pé e viu a bola passar por cima da meta, decretando o vice-campeonato na Recopa Sul-Americana. Em entrevista coletiva, o arqueiro explicou que costuma treinar finalizações nas atividades na Academia de Futebol e que foi designado pelo treinador Abel Ferreira a fechar a série.

“Eu fui escalado para o pênalti e fiz como todos os outros. A gente também treina no dia a dia, o treinador faz as opções e nós como profissionais tentamos fazer o melhor. Hoje (quarta) as coisas não saíram bem, mas o mais importante é que tentamos fazer sempre o melhor. Ninguém quer errar, eu fico triste por ter a oportunidade de bater e errar, mas fiz o que tinha de ser feito. Fiz meu melhor, não aconteceu, é seguir em frente e pensar no nosso próximo desafio”, declarou Weverton, demonstrando incômodo com o segudo vice na mesma semana.

Com a bola rolando, o Palmeiras foi derrotado para o Defensa y Justicia. De acordo com Weverton, o revés não abala o grupo, que deve melhorar no decorrer da temporada – o próximo compromisso é diante do São Paulo, no Allianz Parque, na próxima sexta-feira, 16, pelo Paulistão. “A gente ficou triste por não ter conquistado, fizemos um belo jogo, poderíamos ter ganho o jogo tranquilamente, contra um grande adversário que também teve chances. Não nos abala. A gente veio para vencer, procurou a vitória, teve a classificação até praticamente o último minuto. Lógico que estamos muito tristes, mas conscientes de que podemos melhorar e vamos melhorar. É o terceiro jogo da temporada, que vai ser longa, com muitos desafios. Deixamos passar dois desafios grandes, queríamos muito ganhar e conquistar a Supercopa e a Recopa”, disse.