Presidente do Inter manda recado para torcida antes de decisão pelo Brasileiro: ‘Fiquem em casa’

Preocupação do mandatário do Colorado deve-se ao alto número de doentes com Covid-19 em UTIs na cidade de Porto Alegre

  • Por Jovem Pan
  • 25/02/2021 12h52 - Atualizado em 25/02/2021 14h50
Reprodução/Internacional Presidente do Internacional, Alessandro Barcellos pediu para que a torcida colorada fique em casa, em caso de título no Campeonato Brasileiro

Internacional e Corinthians se enfrentam nesta quinta-feira, 25, a partir das 21h30 (de Brasília), no Beira-Rio, pela última rodada do Campeonato Brasileiro 2020. Para voltar a conquistar o torneio após 41 anos, o Colorado precisará fazer a sua parte, vencer o Alvinegro paulista e torcer para que o Flamengo tropece diante do São Paulo, em jogo marcado para o mesmo horário. Antes da bola rolar, o presidente do time gaúcho, Alessandro Barcellos, mandou um recado para a torcida, pedindo para que o distanciamento social seja respeitado, em caso de comemoração do título.

“Colorados e coloradas, hoje é um dia importante. O Internacional x Corinthians define o campeonato, que começou lá em 2020 e está terminando agora. É importante, torcedor e torcedora, que você assistam ao jogo, deem o apoio e mandem energia positiva, mas mantendo o distanciamento social e mantendo os cuidados necessários para que a gente possa vencer esse momento difícil da pandemia que estamos vivendo. É fundamental esse apoio dentro e fora de campo. Dentro de campo, vamos fazer de tudo para ficar com a vitória. Fora, também vamos construir uma vitória contra esse vírus, cuidando da saúde de todos. Conto com o apoio, dedicação e cuidado necessário de vocês. Um abraço!”, disse.

Capital do Rio Grande do Sul e casa do Internacional, a cidade de Porto Alegre está sofrendo com os efeitos da pandemia da Covid-19. Nos últimos dias, a quantidade de casos e de internações pela doença subiu consideravelmente, fazendo com que as autoridades restringissem a circulação. Nos próximos dias, a Prefeitura deverá anunciar novas medidas, tentando minimizar a circulação do novo coronavírus.