Recuperado de lesão, Alexis Sánchez pode reforçar o Chile contra o Brasil na Copa América

Atacante não participou da fase de grupos por uma lesão muscular na coxa direita e deve ser opção de banco para o técnico Martin Lasarte

  • Por Jovem Pan
  • 30/06/2021 19h11
Reprodução/ Instagram @alexis_officia1Alexis Sánchez já treinou com a equipe antes de viajar ao Rio

Recuperado de uma lesão muscular na coxa direita que o impediu de disputar a fase de grupos da Copa América, o atacante Alexis Sánchez viajou nesta quarta-feira, 30, com a seleção do Chile para o Rio de Janeiro e tem chances de participar do jogo contra o Brasil na próxima sexta-feira, 2, no Estádio Olímpico Nilton Santos, pelas quartas de final. Sánchez permaneceu em Santiago se recuperando durante toda a primeira fase, na qual ‘La Roja’ foi quarta colocada do grupo A, com cinco pontos, atrás de Argentina (10), Uruguai (7) e Paraguai (6). Dificilmente o experiente jogador será titular, mas será uma alternativa no banco para o técnico Martin Lasarte. O atacante não escondeu a felicidade de estar reunido novamente com os companheiros de seleção, que voltaram para o Chile após a derrota para o Paraguai por 2 a 0 em Brasília, há seis dias.

O alto astral foi demonstrado em uma transmissão ao vivo por redes sociais com o lateral-direito Mauricio Isla, do Flamengo. “Feliz! Estou de volta, estou de volta!” exclamou o ex-jogador da Internazionale a caminho do aeroporto internacional de Santiago, onde também foi visto brincando ao lado do inglês naturalizado Benjamin Brereton. Sánchez não é a única novidade no elenco do Chile para o mata-mata. Lasarte também convocou o atacante da Universidad Católica, Diego Valencia. Enquanto esperavam pelo ônibus, centenas de torcedores se reuniram no entorno do Complexo Esportivo Juan Pinto Durán para se despedirem da ‘La Roja’, que passou quase uma semana em Santiago.

*Com informações da EFE