Recusado por dois técnicos, Corinthians avança conversa com Sylvinho

Treinador foi auxiliar-técnico da seleção brasileira e também tem experiência na Europa

  • Por Jovem Pan
  • 23/05/2021 16h41
Reprodução/Instagram/ol/23.05.2021Sylvinho está conversando com o Corinthians e pode ser o novo técnico do time

Depois de ouvir as recusas de Renato Gaúcho e do uruguaio Diego Aguirre para o cargo de treinador, o Corinthians já iniciou uma nova negociação com outro nome: o treinador Sylvinho. Ele foi auxiliar-técnico da seleção brasileira e dirigiu o Lyon, da França, em 2019. Os primeiros contatos foram feitos no sábado, 22, e o treinador deu “ok” para a continuidade das conversas. Sylvinho foi o último brasileiro a treinar um time das principais ligas europeias. Os defensores da contratação argumentam que o ex-atleta do clube tem perfil de estudioso e atualizado, com experiência na Europa e na Seleção Brasileira. Sylvinho seria o treinador nos Jogos Olímpicos de Tóquio, mas aceitou o convite para trabalhar no futebol francês – e acabou demitido do Lyon após 11 partidas.

Além disso, Sylvinho tem identificação com o Corinthians e conhece bem o futebol brasileiro – ele foi revelado pelo clube em 1994 e ficou até 1999. Sua passagem foi vitoriosa. Ele participou das conquistas de três Campeonatos Paulistas (1995, 1997 e 1999), uma Copa do Brasil (1995) e um Campeonato Brasileiro (1998). O diretor de futebol Roberto de Andrade defende a contratação do jovem treinador. Quando ocupou o cargo de presidente, em 2016, ele tentou a contratação. A negociação não avançou porque ele estava terminando um curso da UEFA e tinha contrato com a Inter de Milão. O presidente Duílio Monteiro Alves avalia Sylvinho como um bom nome, mas tem dúvidas sobre a receptividade da torcida.

Mesmo com as recusas dos dois treinadores procurados para substituir Vagner Mancini, demitido após a eliminação no Campeonato Paulista, a diretoria decidiu manter os critérios de contratação. A diretoria não pretende fazer “loucuras financeiras”, vai apostar na valorização das categorias de base e fazer contratações pontuais – apenas um ou dois reforços estão previstos. Essas são as bases das conversas com Sylvinho. Faltando uma semana para o início do Campeonato Brasileiro – o time estreia no próximo domingo, diante do Atlético Goianiense –, a diretoria sabe que restam poucos dias para o novo treinador iniciar o trabalho. A intenção é definir a contratação nos próximos dias. Na quarta-feira, o Corinthians enfrenta o River Plate, do Paraguai, pela última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. O time não tem mais chances de classificação. O treinador interino é o analista de desempenho Fernando Lázaro.

*Com informações do Estadão Conteúdo.