Ajax frustra planos do São Paulo e veta saída de Antony: ‘Ninguém quer vendê-lo’

Revelado nas categorias de base de Cotia, o jovem estava na mira do Manchester United e podia render uma ‘bolada’ ao Tricolor

  • Por Jovem Pan
  • 27/07/2022 12h06 - Atualizado em 27/07/2022 12h12
EFE/EPA/ANTONIO COTRIM antony; ajax Antony deve continuar no Ajax nesta temporada europeia

O São Paulo vivia a expectativa de atingir a sua meta orçamentária da temporada 2022 graças ao atacante Antony. Revelado nas categorias de base de Cotia, o jovem do Ajax estava na mira do Manchester United e podia render uma “bolada” ao Tricolor. A saída do velocista, no entanto, não deve acontecer na atual janela de transferências da Europa. Nesta quarta-feira, 27, o técnico do time holandês, Alfred Schreuder, afirmou que negociar o brasileiro não é uma opção neste momento. “Internamente, combinamos que queremos manter o atual elenco junto. Ninguém quer vendê-lo. Antony está trabalhando bem, não tenho o sentimento de que está ocupado com uma transferência”, disse, ao jornal “Telegraaf”.

Ainda em 2020, o São Paulo vendeu Antony para o Ajax por 16 milhões de euros (na época, cerca de R$ 76 milhões) e ficou com 20% do lucro de uma possível venda futura. Na imprensa europeia, muitos veículos de informação afirmavam que o Manchester United estava disposto a pagar 60 milhões de euros (R$ 322,3 milhões). Assim, o Tricolor ficaria com 8,8 milhões de euros (aproximadamente R$ 47 milhões) da transferência, atingindo sua meta em negociações para a temporada – os paulistas também ganhariam mais um montante graças ao Mecanismo de Solidariedade da Fifa. No início de 2022, o conselho são-paulino fez uma previsão de arrecadar R$ 142 milhões com venda de atletas.

Até o momento, o São Paulo conseguiu cerca de 103 milhões, sendo a negociação de Gabriel Sara com o Nowrich (Inglaterra) a principal – a venda do meio-campista rendeu R$ 57,6 milhões. Tchê Tchê (R$ 4 milhões), Jean (R$ 6,1 milhões), Tiago Volpi (7,6 milhões), Marquinhos (R$ 18,55 milhões), Tuta (R$ 7,8 milhões) e David Neres (R$2,3 milhões) também movimentaram o caixa do Tricolor. Nos próximos dias, a diretoria também deve selar a venda do argentino Emiliano Rigoni para o Austin FC (EUA) por cerca de R$ 21 milhões.

Já Antony, por sua vez, ignora as especulações espera fazer uma boa temporada, principalmente representando o Brasil na Copa do Mundo do Catar. “É uma temporada muito importante. Me recuperei bem para iniciar junto com meus companheiros. Tenho grandes objetivos na temporada e, com certeza, participar da Copa do Mundo é um deles. Que eu possa performar bem, sempre em alto nível, para merecer estar lá. Tudo que eu fizer pelo meu clube será reflexo na seleção”, disse o atacante, que deve estar na lista final de Tite para o Mundial, que acontece entre 21 de novembro e 18 de dezembro deste ano.