Jandrei pega pênalti na estreia, mas São Paulo sai vaiado após empate com o Ituano

Torcida grita o nome do goleiro, mas não poupa o time após segundo tropeço em duas rodadas do Campeonato Paulista

  • Por Jovem Pan
  • 30/01/2022 18h13 - Atualizado em 31/01/2022 01h50
Rubens Chiri/Saopaulofc.net O goleiro Jandrei vibra no gramado do Morumbi durante a sua estreia com a camisa do São Paulo O goleiro Jandrei vibra durante a sua estreia com a camisa do São Paulo

Apenas um jogador do São Paulo teve motivos para festejar após o empate por 0 a 0 com o Ituano, neste domingo, 30, na primeira partida da equipe tricolor no Morumbi neste ano. Em sua estreia com a camisa do clube, o goleiro Jandrei defendeu um pênalti e evitou resultado até pior. O árbitro entendeu que Gabriel Sara usou o braço para bloquear uma finalização que ia ao gol. Gerson Magrão cobrou, mas o ex-santista voou e espalmou. O nome do arqueiro foi cantado pela torcida.

Já o time não ganhou aplausos. Pelo contrário, o Tricolor foi vaiado após o árbitro erguer o braço após 90 minutos sem nenhum gol. Dos pés de Alisson, um dos reforços que Rogério Ceni ganhou neste ano, surgiram as principais e raras chances são-paulinas. Na primeira, um escanteio cobrado pelo meia beijou a trave após encobrir o goleiro Pegorari. Depois, o ex-gremista teve a chance de concluir dentro da área, mas não acertou o alvo. O São Paulo somou seu primeiro ponto no Paulistão e só está à frente do Novorizontino no Grupo B. São Bernardo e Ferroviária têm quatro. O Ituano, com quatro pontos, é o segundo colocado do Grupo C, que tem o Palmeiras como líder.