Presidente e diretor do São Paulo bancam Crespo antes de decisão na Copa do Brasil

A diretoria são-paulina precisou se manifestar publicamente após parte da torcida pedir a saída do técnico em meio ao mau momento do time no Campeonato Brasileiro

  • Por Jovem Pan
  • 15/09/2021 10h15 - Atualizado em 15/09/2021 10h15
Foto: MARCO GALVãO/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOCrespo passou a ser pressionado por alguns torcedores após resultados ruins no Campeonato Brasileiro

O presidente do São Paulo, Julio Casares, e Carlos Belmonte, diretor de futebol do clube, usaram as redes sociais na manhã desta quarta-feira, 15, para bancar a permanência do técnico Hernán Crespo. De acordo com os mandatários, o argentino continuará no comando da equipe, independente do resultado da partida diante do Fortaleza, marcada para acontecer às 21h30 (de Brasília) de hoje, no Castelão, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Como o Tricolor cedeu o empate em 2 a 2 no Morumbi, o conjunto paulista precisa de uma vitória simples para avançar à semi. Uma nova igualdade leva a disputa para as penalidades.

“Para afastar de vez qualquer infeliz especulação, reafirmo que independente de resultados, o técnico Hernán Crespo seguirá normalmente o nosso planejamento no comando técnico da nossa equipe. Seguiremos a nossa convicção profissional e o que foi traçado com o departamento de futebol”, disse o presidente do São Paulo, que viu o técnico ser pressionado por uma parte da torcida com o mau desempenho do time no Brasileirão – o Tricolor é apenas o 16º colocado. “Bom dia. Crespo continua e continuará técnico do São Paulo após a partida de hoje contra o Fortaleza. Essa é uma decisão da Diretoria de Futebol e que tem total apoio do presidente Júlio Casares. Seguiremos com a convicção que temos no trabalho”, declarou Belmonte em seu Twitter.