São Paulo: Rojas viaja com a delegação e pode voltar a jogar após dois anos

A última partida do equatoriano pelo Tricolor paulista aconteceu em 26 de outubro de 2018, diante do Vitória, também pelo Brasileirão

  • Por Jovem Pan
  • 24/11/2020 13h25 - Atualizado em 24/11/2020 14h06
Reprodução/SPFCRojas está de volta ao São Paulo

O São Paulo comunicou na tarde desta terça-feira, 24, que o atacante Joao Rojas viajará com a delegação e deverá ser relacionado para os jogos diante de Ceará e Bahia, marcados para quarta-feira e sábado, ambos fora de casa e válidos pelo Campeonato Brasileiro – o Tricolor não retornará para a capital paulista depois do embate contra os cearenses. Desta forma, o equatoriano pode voltar a entrar em campos após mais de dois anos longe dos gramados.

A última partida de Rojas pelo São Paulo aconteceu em 26 de outubro de 2018, diante do Vitória, também pelo Brasileirão. Desde então, o velocista sofreu duas graves lesões sofridas no joelho direito, precisando fazer cirurgias e ficando fora das partidas do Tricolor. Desde julho, o jogador está treinando e até chegou a ser inscrito na Copa Libertadores da América e na Copa Sul-Americana, mas não ficou no banco de reservas nas partidas do time.

Apesar disso, o São Paulo também informou que Bruno Alves não estará à disposição de Fernando Diniz para as partidas contra os times nordestinos. Isto, porque um familiar do zagueiro testou positivo, fazendo com que o jogador ficasse afastado por precaução. “Apesar de o exame do zagueiro dar negativo para Covid-19, um familiar do defensor testou positivo e, por precaução, o jogador não será relacionado. O atleta passará por novos exames durante a semana”, disse o clube. Fora o defensor, o São Paulo também não terá Brenner e Hernanes contra o Ceará, ambos suspensos por levar o terceiro cartão amarelo na última partida, contra o Vasco. A equipe paulista, atualmente, é a terceira colocada e depende de apenas uma vitória contra o Ceará para assumir a liderança do Nacional.