Uefa critica plano da Fifa de realizar Copa do Mundo a cada dois anos

Em comunicado, entidade apontou riscos da proposta, citando, por exemplo, que os torneios femininos seriam ofuscado pelos masculinos

  • Por Jovem Pan
  • 22/09/2021 14h44
Laurent Gillieron/EFEEntidade afirmou que pediu uma reunião com a Fifa para discutir o tema, mas não obteve resposta

A Uefa voltou a criticar o plano da Fifa de organizar a Copa do Mundo a cada dois anos. Em comunicado emitido nesta quarta-feira, 22, a entidade europeia afirmou não concordar com a condução dos “projetos de reforma radical a serem promovidos abertamente antes de ter sido dada, juntamente com outras partes interessadas, a oportunidade de participação em qualquer reunião”. No texto, a Uefa apresenta quatro “perigos” da proposta. São eles: a diluição do valor do evento, a erosão de oportunidades de seleções menos poderosas, o risco para a saúde dos jogadores e o risco para o futuro dos torneios femininos, que seriam ofuscados pelos masculinos. “Estas são apenas algumas das sérias preocupações que a proposta da Fifa provoca à primeira vista e não podem ser dissipadas simplesmente com ‘slogans’ promocionais sem fundamento sobre os supostos benefícios de um calendário mais extenso”, afirmou a Uefa no comunicado. A entidade da Europa disse ainda que, ao lado das 55 federações nacionais filiadas, solicitou uma reunião com a Fifa para tratar do tema, mas ainda não receberam a proposta.