Bellucci e Monteiro são eliminados em estreia no US Open

  • Por Estadão Conteúdo
  • 30/08/2017 18h30 - Atualizado em 30/08/2017 18h31
EFEThomaz Bellucci perdeu para o alemão Dustin Brown por 3 sets a 0

Depois da queda de Rogério Dutra Silva na segunda-feira (28), Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro também foram eliminados na rodada de abertura do US Open, em Nova York, nesta quarta-feira (30). Monteiro, atual número 3 do Brasil, levou seu duelo contra o tunisiano Malek Jaziri até o quinto set, mas não resistiu nos games finais.

Em sua primeira participação na chave principal do Grand Slam norte-americano, Monteiro fez uma batalha de 3h46min de duração e de cinco sets contra o 80º do ranking. Jaziri, de 33 anos, fez valer a maior experiência para fechar o jogo com parciais de 7/6 (7/5), 4/6, 6/3, 5/7 e 6/4.

Monteiro, de 23 anos, lutou bastante, principalmente no quarto e no quinto sets. No quarto, o 113º do mundo esteve uma quebra atrás no placar e viu Jaziri sacar para fechar o jogo. No entanto, devolveu a quebra no momento certo, empatou a parcial e buscou a virada para forçar o quinto set.

Na última parcial, Jaziri começou quebrando, mas Monteiro devolveu no sexto game. O tunisiano, contudo, obteve nova quebra e se defendeu bem para salvar novos break points do brasileiro. Curiosamente, cada tenista faturou cinco quebras de serviço no jogo e Jaziri obteve apenas três pontos a mais que o brasileiro no total.

Quase ao mesmo tempo, Bellucci enfrentava o alemão Dustin Brown, 116º do mundo. O brasileiro, atual 76º, ofereceu pouca resistência ao rival. Brown fechou o jogo em apenas 1h42min de confronto, em sets diretos: 6/4, 6/3 e 6/2.

O tenista da Alemanha, de origem jamaicana, foi melhor nos principais fundamentos. E chegou a cravar 16 aces, contra apenas três de Bellucci. Ele obteve seis quebras de saque, diante de apenas uma quebra do brasileiro.

Com o resultado, Bellucci caiu na estreia, como fizera em Nova York, no ano passado. Repetiu também a performance de Wimbledon e do Aberto da Austrália deste ano – foi até a segunda rodada em Roland Garros.

Diante da eliminação de Bellucci e Monteiro, o Brasil ficou sem representantes nas chaves de simples do US Open. Na segunda, Rogerinho e Beatriz Haddad Maia haviam sido eliminados em suas estreias.

Del Potro avança

Campeão do US Open de 2009, o argentino Juan Martín del Potro venceu seu primeiro adversário em Nova York. Atual 24º cabeça de chave, ele derrotou o suíço Henri Laaksonen por 3 a 0, com parciais de 6/4, 7/6 (7/3) e 7/6 (7/5). Seu próximo adversário será o espanhol Adrian Menendez-Maceiras, 148º do ranking.

Nono cabeça de chave, o belga David Goffin também confirmou o favoritismo, ao superar o francês Julien Benneteau por 6/4, 2/6, 6/4 e 6/2. Na segunda rodada, ele vai cruzar com o argentino Guido Pella.

O início da rodada desta quarta contou com quatro quedas entre os cabeças de chave: o australiano Nick Kyrgios (14º), o italiano Fabio Fognini (22º), o uruguaio Pablo Cuevas (27º) e o alemão Philipp Kohlschreiber (33º).

Kyrgios protagonizou a derrota mais surpreendente. Cotado como possível surpresa entre os favoritos, o australiano caiu diante do compatriota John Millman em quatro sets: 6/3, 1/6, 6/4 e 6/1. O perdedor demonstrou dores no ombro direito ao longo da partida e discutiu com o árbitro Carlos Ramos, que o advertira por supostamente falar palavrão em quadra.

O tenista da Austrália chegou à Nova York embalado pela final do Masters 1000 de Cincinnati, na semana passada. No caminho até a decisão, eliminou o espanhol Rafael Nadal, atual número 1 do mundo.

Fognini também caiu diante de um compatriota, Stefano Travaglia, por 6/4, 7/6 (10/8), 3/6 e 6/0. Kohlschreiber, por sua vez, foi eliminado pelo local Tim Smyczek por 6/1, 6/4 e 6/4. E Pablo Cuevas perdeu para o bósnio Damir Dzumhur por 7/5, 7/6 (7/3) e 6/1.

Conhecendo rivais

Após vitórias pouco convincentes em suas estreias, o suíço Roger Federer e Nadal conheceram seus adversários da segunda rodada. O líder do ranking vai enfrentar o japonês Taro Daniel, que despachou o local Tommy Paul por 6/1, 4/6, 4/6, 6/2 e 6/2. Nadal nunca enfrentou o atual 121º do mundo no circuito.

Federer, por sua vez, vai encarar o russo Mikhail Youzhny, 101º do ranking. O tenista da Rússia venceu nesta quarta o esloveno Blaz Kavcic por 6/3, 5/7, 6/4 e 6/3. O suíço já enfrentou Youzhny 16 vezes no circuito e nunca sofreu derrota.

Em outros jogos desta quarta, venceram o russo Andrey Rublev, o espanhol Fernando Verdasco, o sérvio Viktor Troicki e o local Taylor Fritz, ao bater o experiente cipriota Marcos Baghdatis em três sets.