China suspende venda de ingressos para os Jogos Olímpicos de Inverno

Organização do evento afirmou que ingressos serão distribuídos para grupos específicos, que serão submetidos a protocolos de segurança rígidos contra a Covid-19

  • Por Jovem Pan
  • 17/01/2022 11h39
Divulgação Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim Medida foi anunciada nesta segunda-feira, 17, poucas semanas antes do início do evento

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, na China, anunciou a suspensão da venda de ingressos para o público. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, 17, pouco mais de duas semanas antes do início do evento, que deve começar no dia 4 de fevereiro. A organização informou que os ingressos serão distribuídos para grupos específicos de torcedores, que poderão acompanhar os eventos. Entretanto, os beneficiados deverão passar por medidas rigorosas de proteção contra a Covid-19. Apesar do anúncio, a organização não esclareceu como os ingressos serão distribuídos. Em setembro de 2020, a organização já havia determinado que espectadores de fora do país não poderiam acompanhar os jogos. Desde então o governo da China impôs diversas medidas para prevenção contra o vírus. Os jogos serão realizados em um “circuito fechado”, no qual atletas, comissões técnicas e funcionários serão mantidos separados do público chinês.