Cidade australiana de Brisbane deve sediar Jogos Olímpicos de 2032

Comissão do COI irá votar em julho a escolha definitiva; Austrália já recebeu as Olimpíadas em outras duas oportunidades

  • Por Jovem Pan
  • 10/06/2021 18h45 - Atualizado em 10/06/2021 19h55
Divulgação/ COISessão será em julho para a escolha de Brisbane (Austrália) para receber as competições

As Olimpíadas de Tóquio nem aconteceram ainda e a assembleia do Comitê Olímpico Internacional (COI) já tem data para votar a sede dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2032. A sessão será em julho para a escolha de Brisbane (Austrália) para receber as competições. O Executivo do COI, reunido virtualmente nesta quinta-feira, 10, concordou em propor à Sessão a eleição da cidade anfitriã com 11 anos de antecedência. O presidente Thomas Bach lembrou que Brisbane é a primeira candidata resultante do novo sistema de seleção, baseado no próprio diálogo da entidade com as cidades interessadas e não em uma disputa entre vários candidatos. O dirigente alemão referiu-se ao excelente plano diretor da candidatura, com 84% das instalações já construídas ou provisórias.

De acordo com os planos examinados pelo COI, as instalações esportivas seriam divididas em três centros de competição: Brisbane (21 instalações), Gold Coast (a 65 km, com seis) e Sunshine Coast (a 85 km, com três). “Muitos governos ao redor do mundo consideram o esporte essencial para o desenvolvimento a longo prazo de seus países e regiões. O projeto Olímpico de Brisbane 2032 mostra como os líderes com visão de futuro reconhecem o poder do esporte para obter legados duradouros”, disse Bach. A presidente da comissão para a seleção de futuras instalações, a norueguesa Kristin Kloster Aasen, garantiu que Brisbane oferece garantias “exaustivas e meticulosas” e afirmou que os Jogos de 2032 irão melhorar a qualidade de vida dos cidadãos de Queensland.

Os membros do COI vão decidir no dia 21 de julho se dão sua confiança à cidade australiana, conforme proposto pelo Executivo. Os precedentes apontam que a assembleia nunca votou contra uma proposta dessa importância. “Jamais vou especular sobre o resultado dessa decisão, ela está nas mãos dos membros do COI”, disse o presidente, que evitou especificar o que aconteceria se a Sessão votasse contra. “Estou muito confiante de que teremos um grande Jogos em 2032”, afirmou. Brisbane pode se tornar a terceira cidade em seu país a sediar as Olimpíadas, depois de Melbourne-1956 e Sydney-2000. Em fevereiro, o COI já havia anunciado que Brisbane era sua opção favorita, embora não tenha descartado considerar outras possibilidades.

Mudanças no programa de Paris 2024

Os Jogos de 2032 seguirão os de 2028, em Los Angeles. Após Tóquio, que começam daqui a 1 mês e meio, o evento terá como sede a cidade de Paris, em 2024. Para a edição parisiense, o Executivo do COI aprovou hoje três modificações no programa de esportes: na vela, era prevista a prova mista de kite, mas será substituída por uma feminina e outra masculino; no atletismo, a caminhada de 50 km será substituída por uma prova de equipes mistas; e o pentatlo moderno adotará um novo formato em torno de um único local. Além disso, também concordou em propor à Sessão o reconhecimento total de seis federações internacionais: Lacrosse, Kickboxing, Sambo, Muay thai, Cheerleading e Curling Bávaro. Todos eles tiveram reconhecimento provisório e sua mudança de estatuto significa sua total integração à família olímpica, mas não a entrada no programa dos Jogos.

*Com informações da EFE