Luisa Stefani faz história, vai à semifinal do US Open e quebra tabu de 53 anos

Responsável por ganhar a primeira medalha do tênis brasileiro em Olimpíadas, quando faturou o bronze na Tóquio-2020 ao lado de Laura Pigossi, Stefani atinge mais um feito incrível

  • Por Jovem Pan
  • 08/09/2021 15h28
Reprodução/Twitter/@Luisa_StefaniLuisa Stefani está na semifinal do US Open

A tenista Luisa Stefani voltou a fazer história nesta quarta-feira, 8, ao se tornar a primeira brasileira a chegar à semifinal de um Grand Slam nos últimos 53 anos. Ela e a canadense Gabriela Dabrowski confirmaram o favoritismo e superaram as tchecas Marie Bouzkova e Lucie Hradecka por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/1, nas quartas de final do US Open. Com o resultado, elas aguardam as próximas adversárias, podendo enfrentar as cabeças de chave um ou onze do torneio realizado em Nova York, nos Estados Unidos.

Responsável por ganhar a primeira medalha do tênis brasileiro em Olimpíadas, quando faturou o bronze nas duplas femininas na Tóquio-2020 ao lado de Laura Pigossi, Luisa Stefani atinge mais um feito incrível. A última vez que uma brasileira havia chegado a uma semifinal de Grand Slam foi com Maria Esther Bueno, no US Open de 1968, quando foi campeã de duplas ao lado da australiana Margaret Court. Fora disso, a tenista foi a primeira mulher do país a furar o top 20 do ranking da WTA e é, hoje, a número um do Brasil.