Russell surpreende e conquista primeira pole position da carreira no GP da Hungria

Em dia nada bom para a Red Bull, britânico crava tempo espetacular de 1min17s377 e larga na frente em Hungaroring; corrida começa às 10h

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2022 13h40
Tamas Kovacs/EFE/EPA O piloto da Mercedes George Russell dirige seu carro durante a sessão de qualificação George Russel pilota a sua Mercedes durante o treino de classificação para o GP da Hungria

George Russell conquistou a primeira pole position de sua carreira na manhã deste sábado, 30, no GP da Hungria. O piloto britânico cravou um tempo espetacular de 1min17s377 no Q3 e largará em primeiro. O dia não foi nada bom para a Red Bull, que teve Sérgio Perez eliminado no Q2 e Max Verstappen ficando apenas com a 10ª posição, o que pode esquentar a disputa pela liderança do campeonato de Fórmula 1. Carlos Sainz e Charles Leclerc, da Ferrari, fecham o top 3. “Estou na lua. Absolutamente eletrizante. O tempo da volta foi se aproximando, eu cruzei a linha e vi que fui pole, uma sensação incrível. Ontem foi talvez a pior sexta-feira do anom nas nós trabalhamos muito para recolocar o time na pista. Precisamos olhar de onde veio a melhora hoje. Não há pontos para classificação, precisamos focar na corrida. Geralmente, a Mercedes é melhor na corrida, mas a Ferrari também está muito forte”, afirmou o jovem piloto britânico após o grid histórico, que garantiu a pole número 136 para a Mercedes.

Líder do campeonato, Verstappen chegou a se queixar no rádio que faltou potência no carro. A Red Bull esvaziou rapidamente os boxes e buscará encontrar formas de reverter o cenário até a corrida no domingo. Outro abaixo do desempenho esperado foi Lewis Hamilton, sétimo colocado, que ficou a quase oito décimos do companheiro de Mercedes. Lando Norris, Esteban Ocon, Fernando Alonso, Hamilton, Valtteri Bottas, Daniel Ricciardo e Verstappen completam o top 10. A classificação começou já com a Mercedes se destacando. A equipe fez a dobradinha no Q1 com a liderança de Hamilton e Russell. Já no Q2, a ponta do grupo ficou com a disputa entre Verstappen e Leclerc. A grande surpresa do Q2 foi a não classificação de Sergio Pérez, piloto da Red Bull. O mexicano largará na 11ª colocação neste domingo.

Sebastian Vettel bateu o carro durante o terceiro treino livre. O veículo da Aston Martin precisou de alguns reparos para a disputa do treino classificatório e o alemão não passou do Q1, ficando em 18º. Nicholas Latifi surpreendeu ao garantir o melhor tempo do TL3, batendo Leclerc. Ainda mais surpreendente, o canadense da Williams ficou em último no Q1 e largará atrás de toda a fila de pilotos. Com nuvens muito escuras e carregadas sob o céu do circuito Hungaroring, o treino classificatório foi todo disputado com a pista seca. Segundo a previsão, a possibilidade de chuva aumenta para o momento da corrida neste domingo. A largada está marcada para às 10h.

Confira o grid para o GP da Hungria

*Com informações do Estadão Conteúdo