Sergio Pérez largará na pole position do GP da Arábia Saudita

Atual bicampeão mundial, o holandês Max Verstappen, teve um problema mecânico com sua Red Bull durante a segunda sessão do treino e vai largar na 15ª posição

  • Por Jovem Pan
  • 18/03/2023 16h39
BEN STANSALL / AFP Sergio Perez no treino para o GP da Arábia Saudita O piloto mexicano da Red Bull Racing, Sergio Perez, dirige durante a terceira sessão de treinos antes do Grande Prêmio de Fórmula 1 da Arábia Saudita de 2023

O piloto mexicano Sergio Pérez, da Red Bull, largará na pole position no Grande Prêmio da Arábia Saudita de Fórmula 1 após marcar o melhor tempo do treino de classificação disputado neste sábado, 18, com o espanhol Fernando Alonso (Aston Martin) em segundo. O atual bicampeão mundial, o holandês Max Verstappen, teve um problema mecânico com sua Red Bull durante a segunda sessão do treino (Q2) e vai largar na 15ª posição. Verstappen, que tinha dominado as três sessões de treinos livres e o Q1, perdeu potência no Q2 de repente e comunicou pelo rádio que seu carro estava com “um problema de motor”. O holandês, que no início do mês venceu no Bahrein a primeira etapa da temporada, terá que fazer uma corrida de recuperação no circuito de rua de Jidá.

“Senti que o carro estava incrível. É uma pena que Max tenha ficado fora”, declarou Pérez sobre seu companheiro de equipe depois da classificação. Alonso, que aos 41 anos iniciou o ano com um terceiro lugar no GP do Bahrein, acompanhará o mexicano na primeira fila e terá novamente o pódio como seu grande objetivo. “Um fim de semana bom para nós. O carro rendeu muito bem, vamos ver o que poderemos fazer aqui. Estou confiante, o carro é bom e a corrida é o nosso ponto forte”, disse o campeão do mundo em 2005 e 2006. O monegasco Charles Leclerc, que terminou o Q3 em segundo, a 155 milésimos de Pérez, vai largar em 12º posição devido a uma punição de dez posições no grid por ter substituído um componente elétrico de sua Ferrari no Bahrein. A segunda fila será ocupada pelo britânico George Russell (Mercedes) e pelo espanhol Carlos Sainz (Ferrari). O heptacampeão mundial Lewis Hamilton será o sétimo, à frente do australiano Oscar Piastri (McLaren), que conseguiu uma surpreendente oitava posição em sua segunda corrida na F1.

*Com informações da AFP

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.