Tenista é desclassificado de torneio em Acapulco após ameaçar juiz de morte

Damir Dzumhur, de 23 anos, ficou revoltado depois que arbitragem marcou uma bola boa para seu adversário, que ele acreditava ter ido para fora

  • Por Jovem Pan
  • 15/03/2021 19h30 - Atualizado em 15/03/2021 20h49
Reprodução/ TwitterDamir Dzumhur, de 23 anos, foi eliminado depois de ameaçar árbitro

Um caso inusitado chamou atenção no ATP de Acapulco nesta segunda-feira, 15. O tenista Damir Dzumhur, de 23 anos, foi desclassificado do torneio depois que ameaçou o árbitro de morte. Segundo o jornal ‘Marca’, a confusão aconteceu durante a segunda rodada das eliminatórias numa partida entre Dzumhur e o holandês Van de Zandschulp, quando o placar estava 5 a 5. Neste momento, o árbitro de cadeira deu uma bola boa para o holandês, deixando Damir revoltado. Ele jogou a raquete no chão e reclamou muito. Foi advertido duas vezes pelas reclamações antes de ser eliminado. A expulsão deu a vitória para Zandschulp por 6 a 5. Caso semelhante aconteceu durante um jogo do US Open em 2009 entre Serena Williams e Kim Clijsters. Por não concordar com uma marcação do árbitro, a norte-americana xingou a arbitragem e foi expulsa. As câmaras de televisão do torneio também identificaram uma possível ameaça de Serena ao árbitro.