Asensio marca, Espanha vence o Japão na prorrogação e enfrenta o Brasil na final

Campeã de Barcelona-1992, a Roja conta com outros nomes de peso em seu elenco, como Unai Simón, Pau Torres, Eric Garcia, Pedri, Dani Olmo e Oyarzábal – todos disputaram a Eurocopa com a equipe principal

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2021 11h17 - Atualizado em 03/08/2021 11h20
Reprodução/@UEFAcom_es Asensio marcou para a Espanha na vitória contra o Japão pela semi dos Jogos de Tóquio

A Espanha será a adversária da seleção brasileira olímpica na grande decisão dos Jogos Olímpicos de Tóquio, marcada para o próximo sábado, 7, no Estádio Internacional de Yokohama. Na manhã desta terça-feira, a Fúria derrotou o Japão por 1 a 0, já na prorrogação, com gol de Marco Asensio. Depois de um empate 0 a 0, tudo indicava que a partida seria definida nos pênaltis. Aos 9 minutos da etapa complementar do tempo extra, porém, o meia-atacante do Real Madrid acertou um belo chute, indefensável para o goleiro. Campeã de Barcelona-1992, a Roja conta com outros nomes de peso em seu elenco, como Unai Simón, Pau Torres, Eric Garcia, Pedri, Dani Olmo e Oyarzábal – todos disputaram a Eurocopa com a equipe principal.

Mesmo com um time renomado, a Espanha encontrou dificuldades em superar a marcação japonesa ao longo da partida, mostrando muita qualidade com a bola nos pés, mas pouca objetividade. A Fúria, inclusive, chegou a flertar com a derrota, sendo ameaçada pelos nipônicos em alguns ataques perigoso. A partida, assim, retratou a campanha da seleção espanhola ao longo da competição. Sofrendo na fase de grupos, onde fez apenas 2 gols em três partidas, a Roja também só superou a Costa do Marfim na prorrogação, em jogo válido pelas quartas de final. Agora, Brasil e Espanha brigam pelo ouro no sábado, enquanto Japão e México decidem quem fica com o bronze na sexta-feira, 6.

Confira AQUI o quadro de medalhas em tempo real