Organização registra 458 infectados pelo novo coronavírus durante os Jogos de Tóquio 

Com o fim das Olimpíadas, preocupação dos japoneses diminui em relação à pandemia, principalmente porque o país registrou uma elevação de casos ao longo das disputas

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2021 13h29 - Atualizado em 09/08/2021 17h16
Reprodução/Twitter/@hugocalderanoHugo Calderano, jogador de tênis de mesa, usando máscara durante as Olimpíadas de Tóquio

A organização das Olimpíadas de Tóquio informou nesta segunda-feira, 9, que registrou mais 28 pessoas ligadas ao evento esportivo que se infectaram pelo novo coronavírus. Na última atualização do Comitê Organizador de Tóquio-2020, oito pessoas que são contratadas pela organização, treze de empresas terceirizadas, seis voluntários e um profissional da imprensa. Como de costume, a organização não identifica os infectados. No boletim anterior, foram 26 casos. Desta forma, desde o começo da chegada das delegações à capital japonesa, 458 casos de Covid-19 foram contabilizados.

Com o fim dos Jogos Olímpicos, a preocupação dos japoneses diminui em relação à pandemia, principalmente porque o país registrou uma elevação de casos ao longo das disputas, ainda que fora da “bolha” criada pela organização. Houve recorde diários de número de infectados, alcançando até 5 mil novos casos por dia. Na última sexta-feira, o país ultrapassou a marca de 1 milhão de casos confirmados. Nesta segunda, o primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, fez um pronunciamento para agradecer à população japonesa por ajudar o país realizar a Olimpíada com segurança. “Acredito que fomos capazes de cumprir nossa responsabilidade como o anfitrião”, disse o primeiro-ministro, agradecendo ao povo por sua compreensão e cooperação. Apesar do alívio, a preocupação deve aumentar nos próximos dias por causa do início dos Jogos Paralímpicos. A competição vai iniciar no dia 24 deste mês, e terminará no dia 5 de setembro.