Richarlison fala em bater marca de Romário e promete 1ª tatuagem em caso de título olímpico

O ‘Pombo’ e seus companheiros voltarão a campo amanhã, 31, para enfrentar a seleção do Egito, pelas quartas de final da Tóquio-2020

  • Por Jovem Pan
  • 30/07/2021 11h33 - Atualizado em 30/07/2021 17h59
Lucas Figueiredo/CBFRicharlison é o artilheiro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio

Principal jogador da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o atacante Richarlison revelou nesta sexta-feira, 30, que fará sua primeira tatuagem caso a Canarinho conquiste a segunda medalha de ouro no Japão — na Rio-2016, o Brasil faturou o título inédito em casa. “Eu nunca me imaginei fazendo uma tatuagem, mas se o Brasil ganhar o ouro olímpico eu definitivamente vou fazer uma. Eu simplesmente teria que comemorar o momento. Seria muito importante entrar para a história”, disse o jogador do Everton, da Inglaterra, em entrevista ao site da Fifa.

“O Pombo”, como é apelidado, já marcou cinco gols na competição e está a dois de igualar Romário, que fez sete nos Jogos de Seul, em 1988, e é o maior artilheiro de uma mesma edição do torneio masculino de futebol do evento poliesportivo. “Romário é uma lenda do futebol brasileiro e mundial. Bater o recorde dele obviamente seria a cereja do bolo. Seria um desempenho excelente”, garantiu o ex-América Mineiro e Fluminense. Richarlison e seus companheiros voltarão a campo amanhã, 31, para enfrentar a seleção do Egito, pelas quartas de final do torneio olímpico. Em caso de vitória, estarão no caminho dos brasileiros a Coreia do Sul ou México.