Romário quer homenagear atletas brasileiros das Paralimpíadas de Tóquio no Senado

De acordo com o ex-jogador de futebol, esta seria uma forma do Senado brasileiro agradecer aqueles ‘que enfrentaram a falta de acessibilidade, a falta de inclusão e o capacistimo’ e trouxeram medalhas para o país

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2021 13h46 - Atualizado em 14/09/2021 17h43
Brizza Cavalcante/Agência CâmaraO senador Romário deseja homenagear os atletas brasileiros que estiveram nas Paralimpíadas de Tóquio

O senador Romário usou sua conta no Twitter, na tarde desta terça-feira, 14, para informar que deseja homenagear os atletas paralímpicos que representaram o Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio. De acordo com o ex-jogador de futebol, esta seria uma forma do Senado brasileiro agradecer aqueles “que enfrentaram a falta de acessibilidade, a falta de inclusão e o capacistimo” e trouxeram medalhas para o país. No Japão, a delegação brasileira teve o seu melhor desempenho em Jogos na história, terminando na sétima posição do quadro de medalhas. Foram 72, sendo 22 de ouro, 20 de prata e 77 de bronze. O Brasil ainda bateu o seu recorde em medalhas douradas.

“Todas as pessoas com deficiência que representaram o Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio mostraram claramente ao mundo que são eficientes e que o limite está muito além do que imaginamos. Demonstraram competência em todas as lutas travadas nas mais diferentes modalidades esportivas. O Brasil foi representado pela garra, competência, desenvoltura de pessoas com deficiência que levaram o coração brasileiro batendo no peito, esforçando-se para trazer medalhas. Pessoas que enfrentaram a falta de acessibilidade, a falta de inclusão, o capacistimo, o preconceito e a pandemia da Covid-19, e nos presentearam com um recorde de medalhas, nos enchendo de orgulho. Portanto, quero que eles saibam, mais uma vez, que somos muito agradecidos a todos que lá estiveram levando a força brasileira. Conto com o apoio dos meus colegas parlamentares para aprovação dessa sessão especial”, escreveu Romário.