Anvisa nega atraso em análise sobre importação de insumos para CoronaVac

Segundo a agência, a análise será feita no prazo máximo de até cinco dias úteis

  • Por Jovem Pan
  • 23/10/2020 17h33
DEYVID EDSON/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 23/10/2020O diretor-geral do Instituto Butantan, Dimas Covas, reclamou da demora da Anvisa em apreciar o pedido

Após o diretor-geral do Instituto Butantan, Dimas Covas, reclamar da demora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em apreciar o pedido de liberação da importações de matéria-prima para a Coronavac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a empresa chinesa Sinovac, a Anvisa publicou uma nota de esclarecimento para negar que o atraso seria proposital. A explicação ocorre em meio ao imbróglio do Ministério da Saúde e o Estado de São Paulo para a compra de 46 milhões de doses do imunizante. Após confirmar o compromisso de aquisição da Coronavac na última terça, a pasta voltou atrás depois de fortes críticas do presidente Jair Bolsonaro. Em nota divulgada nesta sexta-feira, 23, a agência afirmou que processo já havia sido analisado antes da declaração de Dimas Covas e que “discrepâncias” foram encontradas nos pedidos.

“Informamos ainda que, no mesmo processo dos insumos, encontra-se o pedido de autorização excepcional para importação de vacina na forma de seringa preenchida e na forma de um produto intermediário, isto é, o produto não envasado/bulk”, diz a Anvisa. Por serem produtos em condições sanitárias diferentes,  a Anvisa está colocando o pedido de importação de vacinas já envasadas do Instituto Butantan sob análise da diretoria. “Para não haver perda de tempo, o processo foi desmembrado e as vacinas envasadas terão sua análise feita no prazo máximo de até cinco dias úteis, separadamente da análise do pedido de insumos”, pontua a nota. “Assim sendo, não há nenhum tipo de retardo/atraso/morosidade por parte da Anvisa. A análise foi feita e as discrepâncias foram encaminhadas para o laboratório a fim de serem solucionadas”, finaliza o documento.