Brasil registra 35 mil casos de Covid-19 em 24 horas e total supera 13,5 milhões

Média móvel de mortes aumentou, indo para 3.124, assim como a média diária de novos casos de Covid-19, que foi para 72.030

  • Por Jovem Pan
  • 12/04/2021 18h30 - Atualizado em 12/04/2021 18h45
Sandro Pereira/Estadão ConteúdoLeitos de UTI ocupados por pacientes com Covid-19

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 35.785 novos casos de Covid-19, fazendo com que o total de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) superasse a marca de 13,5 milhões. No momento, com os novos testes positivos, o número de casos registrados desde o início da pandemia é de 13.517.808. No mesmo período, foram contabilizadas 1.480 novas mortes causadas pela doença, aumentando o número de vítimas para 354.617. A média móvel de mortes aumentou, indo para 3.124, assim como a média diária de novos casos de Covid-19, que foi para 72.030. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (CONASS) através de atualização de boletim feita às 18h desta segunda-feira, 12. Com os números, o Brasil é o terceiro país com mais casos da doença, atrás dos Estados Unidos (31,2 milhões) e da Índia (13,5 milhões), e o segundo com mais mortes causadas pela Covid-19, atrás apenas dos EUA com 562 mil vítimas fatais.

Em números absolutos, São Paulo é o Estado mais atingido pela pandemia, com 2.648.844 casos e 83.098 mortes causadas pela doença. Já em termos relativos, a maior taxa de mortalidade pertence ao Amazonas (296,1 a cada 100 mil habitantes) enquanto que a maior marca da taxa de incidência é vista em Roraima (15.162,6 a cada 100 mil habitantes). No Brasil, estes indicadores estão em 168,7 e 6.432,5 respectivamente. A última semana da pandemia, entre os dias 4 e 10 de abril foi a mais mortal da pandemia até o momento, com 21.141 mortes registradas. No mesmo período, o Brasil registrou 491.904 casos, sendo a quarta semana com mais infecções.