Caixa aprova mais 805 mil novos beneficiários do auxílio emergencial

Pagamentos começarão nesta quarta-feira, 5, para os nascidos entre janeiro e maio; segundo cálculos do banco, oito em cada dez adultos receberão alguma das ajudas do governo

  • Por Jovem Pan
  • 03/08/2020 18h19
WILLIAN MOREIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOPelo aplicativo é possível fazer compras online em estabelecimentos autorizados e pagar boletos

A Caixa Econômica Federal aprovou nesta segunda-feira, 3, a inclusão de 805 mil novos beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600. Outras 345 mil pessoas tiveram o cadastro validado para receber as terceiras e quartas parcelas. Os pagamentos começarão nesta quarta-feira, 5, para os nascidos entre janeiro e maio, que terão o dinheiro depositado na poupança social digital, acessível pelo aplicativo Caixa Tem.  No dia 7 de agosto será a vez dos nascidos em junho; no dia 12, em julho; no dia 14, em agosto; dia 17, em setembro; dia 19, em outubro; dia 21, em novembro e no dia 26 de agosto, dos nascidos em dezembro.

Pelo aplicativo é possível fazer compras online em estabelecimentos autorizados e pagar boletos. O saque em dinheiro do benefício, em uma agência do banco, é autorizado posteriormente, conforme calendário estipulado pela Caixa. As 483 mil pessoas que receberão o auxílio no Caixa Tem na próxima quarta-feira, por exemplo, poderão sacar o valor a partir do dia 8 de agosto.

Calendário de saques e transferências bancárias:

8 de agosto: nascidos de janeiro a abril
13 de agosto: nascidos em maio
22 de agosto: nascidos em junho
27 de agosto: nascidos em julho
1 de setembro: nascidos em agosto
5 de setembro: nascidos em setembro
12 de setembro: nascidos de outubro a novembro
17 de setembro: nascidos em dezembro

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que o pagamento tem sido feito “com muita tranquilidade” e que não é necessário chegar muito cedo nas agências. “Estamos tendo o pagamento, com muita tranquilidade, de todos os beneficiários, embora com uma intensidade muito grande. Não há nenhuma necessidade de chegar cedo nas agências antes de elas abrirem”.

Considerando o auxílio emergencial, o benefício emergencial de preservação de emprego e renda, pago pelo governo para impedir que as empresas em crise demitam seus funcionários e o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), no valor de R$ 1.045, a Caixa está fazendo pagamento a 121 milhões de pessoas. Segundo cálculos do banco, oito em cada dez adultos no Brasil receberão algum desses benefícios.

* Com informações do Estadão Conteúdo