Ex-superintendente do RJ é confirmado como diretor-executivo da PF

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2020 07h49
Reprodução/GloboCarlos Henrique Oliveira foi confirmado como "número 2" da PF

Carlos Henrique Oliveira será o novo diretor-executivo da Polícia Federal, em posto que é considerado o “número dois” na corporação. A função era ocupada pelo delegado Disney Rosseti, que foi exonerado. A troca, escolhida pelo ministro da Justiça, André Mendonça, foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (13).

Oliveira era o chefe da Superintendência do Rio de Janeiro. O delegado Tácio Muzzi, agora, deve exercer o cargo – embora ainda não tenha sido nomeado oficialmente.

Com o novo cargo, Carlos Oliveira cuidará de questões administrativas da PF, além de funções como registro de armas, imigração, portos e aeroportos. Dessa forma, ele deixará a linha de frente das investigações.

A Superintendência do Rio de Janeiro é alvo de polêmica, já que o ex-ministro Sergio Moro acusou o presidente Jair Bolsonaro de possível interferência política na PF, especificamente no cargo do RJ. Um inquérito foi aberto para apurar o depoimento de Moro e a expectativa é de que o vídeo da reunião citada seja liberado.