Chacina em Pernambuco deixa 5 mortos e 12 feridos

As vítimas eram três homens e duas mulheres

  • Por Jovem Pan
  • 10/08/2020 11h41
Flickr A Polícia Civil de Pernambuco informou que instaurou inquérito policial sobre o caso

Pelo menos cinco pessoas foram assassinadas e outras 12 ficaram feridas em uma chacina na noite desse domingo (9)no município de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife. As vítimas eram três homens e duas mulheres. Já entre os feridos, há uma criança de 11 anos. Ninguém foi preso pelo crime até o momento. A chacina aconteceu no final da noite do domingo e em dois locais diferentes da cidade. O primeiro foi uma praça que fica na comunidade Rurópolis, onde dois carros pararam e os assassinos desceram e fizeram vários disparos aleatórios. O segundo aconteceu após a fuga deles em direção ao Recife, em um ponto da rodovia PE-60, onde pararam, subiram no primeiro andar de um imóvel e executaram mais dois homens.

De acordo com o delegado que estava de plantão no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), Joaquim Braga, o crime aconteceu por volta das 23h30 do domingo e a polícia foi acionada após a meia-noite. “De acordo com testemunhas, foram dois carros, um branco e um cinza. Eles desceram e disseram logo na praça, onde as pessoas comiam pasteis e espetinhos: ninguém corre! Mas as pessoas correram, então foram diversos tiros. Nesse local, 12 pessoas foram feridas, outras duas morreram e uma terceira foi socorrida para a UPA municipal, mas não resistiu”, contou Braga.

“Depois, ao descer pela PE-60, na altura da entrada de Ipojuca, eles subiram no primeiro andar de um imóvel e executaram duas pessoas, dois homens. Em seguida, ainda houve uma perseguição por parte dos policiais militares, mas eles não conseguiram prender os criminosos”, afirmou Braga. Os responsáveis pelos disparos fugiram pela PE-42, que liga Ipojuca ao município de Escada, na Zona da Mata Sul.

Segundo o delegado, um grupo criminoso da região conhecido como “Trem Bala” pode ter sido o responsável pela chacina e a motivação do crime estaria relacionada ao tráfico de drogas. Ele ainda informou que há câmeras de segurança nos dois locais onde foram feitos os disparos e que as imagens serão utilizadas nas investigações. A Polícia Civil de Pernambuco informou que instaurou inquérito policial sobre o caso.

Entre os 12 feridos, um deles foi identificado como Gilson Lima e socorrido ao Hospital Dom Helder Câmara, no litoral sul de Pernambuco. De acordo com a assessoria de imprensa da unidade, o paciente foi baleado no cotovelo, passou por cirurgia na madrugada e a condição de saúde é estável. Ele aguarda apenas a avaliação médica para ser liberado. Os demais feridos, ainda não identificados, foram socorridos para outras duas unidades de saúde da região, o Hospital de Caridade Santo Cristo e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ipojuca, e também para o Hospital da Restauração, no centro do Recife.

*Com informações do Estadão Conteúdo