Polícia Civil prende quadrilha especializada em estelionato pela internet

Os criminosos fazem parte de uma quadrilha que se passava por empresas de liberação de crédito

  • Por Jovem Pan
  • 07/08/2020 07h06 - Atualizado em 07/08/2020 08h18
Os presos vão responder por crime de estelionato, com pena de 1 a 5 anos, organização criminosa, de 2 a 5 anos, e crime por sistema financeiro, com pena de 3 a 6 anos

A Polícia Civil prendeu 15 pessoas nesta quinta-feira, 06, no Bairro da República, em São Paulo. Os criminosos fazem parte de uma quadrilha que se passava por empresas de liberação de crédito na internet. A ação foi coordenada pela polícia de Santo André,  já que a fase anterior da operação havia sido em Mauá, na região metropolitana. Nos últimos 3 meses, cinco escritórios foram descobertos. Em Mauá, oito pessoas foram presas no dia 8 de julho por estelionato e crime financeiro.

Esse tipo de golpe na internet é muito comum e acontece, principalmente, com quem precisa de um empréstimo, mas por estar com o nome sujo, acaba procurando uma solução e encontrando essas empresas. É o que explica o delegado de Santo André, Matheus Rezende. Os presos vão responder por crime de estelionato, com pena de 1 a 5 anos, organização criminosa, de 2 a 5 anos, e crime por sistema financeiro, com pena de 3 a 6 anos. Como não se trata de crime que envolve violência física, é possível que os bandidos recebam alvará de soltura no dia seguinte em que foram presos.

*Com informações do repórter Victor Moraes