Chuvas em Minas Gerais devem dar trégua neste domingo; ao menos 33 morreram

  • Por Jovem Pan
  • 25/01/2020 20h40
LUIDGI CARVALHO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOA previsão é que a intensidade das chuvas reduza-se neste domingo (26).

As fortes chuvas que atingiram Minas Gerais deixaram ao menos 33 mortos. O número subiu após mais três corpos terem sido encontrados na noite deste sábado (25).

Os temporais castigaram, até o momento, 36 municípios do estado, atingindo 3.586 pessoas. Conforme o último balanço das autoridades estaduais, divulgado às 18h (de Brasília), há 7 pessoas feridas, 17 desaparecidas, 2.620 desalojadas e 911 desabrigadas.

De acordo com a Defesa Civil, há risco grande de deslizamento em nove cidades da região metropolitana de Belo Horizonte: Sabará, Rio Acima, Brumadinho, Contagem, Nova Lima, Betim, Ribeirão das Neves e Ibirité, além da própria capital. Em Belo Horizonte, somente na sexta-feira (24) foram registradas 72 ocorrências desse tipo.

Entre quinta e sexta-feira, o volume de chuva foi o maior registrado desde que teve início o monitoramento, no ano de 1910.

A previsão é de que a intensidade das chuvas se reduza neste domingo (26).

Mais cedo, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, caracterizou as tempestades como “um furacão ou terremoto”.

A Defesa Civil, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar continuam trabalhando no atendimento de ocorrências tanto de risco geológico (como deslizamentos e soterramentos) quanto de risco hidrológico (como alagamentos e inundações).

*Com Agência Brasil