Conselheira tutelar é morta a tiros na frente do filho de 11 anos em São Paulo

De acordo com a SSP, vítima teve o carro interceptado por três homens encapuzados na zona norte da capital

  • Por Jovem Pan
  • 23/06/2021 13h53 - Atualizado em 23/06/2021 14h57
Reprodução/FacebookPolícia Militar foi acionada para atender a ocorrência

Uma conselheira tutelar de 42 anos foi morta a tiros na noite desta terça-feira, 22, na zona norte de São Paulo, na frente do filho de 11 anos. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP-SP), a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo na Rua Paraná, no Tremembé. Quando os agentes chegaram ao local, encontraram a vítima caída, desacordada e com ferimentos na região do tórax. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado para prestar socorro, mas a mulher morreu no local, por volta das 20h. De acordo com informações da SSP, a conselheira tutelar e o filho tiveram o carro interceptado por outro veículo com três homens encapuzados na Rua Paraná. Um deles estava armado e retirou a mulher do carro. Um segundo autor efetuou três disparos contra ela. Os três fugiram e levaram a bolsa da vítima. O caso foi registrado no 73º DP e é investigado pela Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP).