Defesa de Moro pede ao STF que divulgue vídeo de reunião na íntegra

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2020 13h54
Mateus Bonomi/Estadão ConteúdoO ex-ministro da Justiça Sergio Moro

A defesa do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que divulgue a íntegra do vídeo da reunião ministerial realizada no dia 22 de abril. O pedido foi endereçado ao ministro Celso de Mello.

Segundo o advogado Rodrigo Sánchez Rios, o material é de “interesse público” e a sociedade “não pode ser privada de conhecer seu conteúdo”.

“O vídeo é de interesse público e a sociedade não pode ser privada de conhecer seu conteúdo. A divulgação do material, na íntegra, comprovará as afirmação do ex-ministro Sergio Moro a respeito do presidente da República. Por se tratar de uma reunião oficial do Governo, a divulgação integral do seu conteúdo caracterizará verdadeira lição cívica, permitindo o escrutínio de seu teor não só neste Inquérito Policial mas, igualmente, por toda a sociedade”, disse Rios.

Nesta terça-feira (12), o advogado e o próprio ex-ministro já haviam se posicionado favoráveis à divulgação. De acordo com eles, a gravação comprova que o presidente da República, Jair Bolsonaro, tentou pressioná-lo na ocasião para que trocasse o comando da Polícia Federal em benefício de sua família.

Bolsonaro, por sua vez, defende que o vídeo seja divulgado apenas parcialmente por envolver “questões de segurança nacional”.