Dr. Furlan é eleito prefeito de Macapá em votação adiada

O candidato do Cidadania recebeu 55,67% dos votos (101.091 votos, ao todo) e bateu Josiel (DEM), irmão de Davi Alcolumbre (atual presidente do Senado)

  • Por Jovem Pan
  • 20/12/2020 18h46 - Atualizado em 20/12/2020 18h52
Reprodução/TwitterDr. Furlan foi eleito prefeito em Macapá

O médico e deputado estadual Dr. Furlan foi eleito o novo prefeito de Macapá, a capital do Amapá, neste domingo, 20. O candidato do Cidadania recebeu 55,67% dos votos (101.091 votos, ao todo) e bateu Josiel (DEM), irmão de Davi Alcolumbre (atual presidente do Senado), que ficou em segundo lugar com 44,33%. Desde o começo do segundo turno, Dr.Furlan aparecia com mais intenções de votos do que o adversário, o mais votado no primeiro turno.

Na noite do último sábado, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) manifestaram apoio a Josiel. “De um lado Josiel. Do outro Dr. Furlan do Cidadania (dissidência do PCB) apoiado pelo ‘senador DPVAT’ Randolfe Rodrigues da REDE, mais o PSB, partido que via STF suspendeu a isenção de imposto de importação de armas”, escreveu o filho do chefe do Executivo em sua conta oficial no Twitter.

O pleito em Macapá deveria ter ocorrido em novembro junto aos 5.567 municípios, que já estão com seus vereadores e prefeitos eleitos. O adiamento para dezembro foi devido à crise de energia causada por um incêndio em transformadores de uma subestação da cidade. O primeiro turno na capital aconteceu no último dia 6, quando foram eleitos 23 vereadores. A votação contou coma a presença do presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, que esteve na cidade para acompanhar o processo.