Escolas municipais de São Paulo retornam para aulas presenciais nesta segunda-feira

Instituições poderão funcionar com capacidade máxima, desde que se mantenha o distanciamento de 1 metro; creches voltam com 60% da lotação

  • Por Jovem Pan
  • 02/08/2021 14h29 - Atualizado em 02/08/2021 17h28
Caio Basilio/Futura Press/Estadão Conteúdo - 03/03/2021 Escolas retornam presencialmente nesta segunda-feira

Os alunos da cidade de São Paulo retornam para o segundo semestre do ano letivo nesta segunda-feira, 2, em regime presencial. As escolas municipais de ensino infantil, fundamental e médio poderão funcionar com capacidade máxima, desde que se mantenha o distanciamento de um metro e outros protocolos sanitários, como o uso de máscaras e álcool em gel. As instituições que não tem capacidade para atender todos os alunos poderão adotar sistema de rodízio. Já as creches privadas e Centros de Educação Infantil (CEIs) poderão funcionar com 60% da lotação. Antes, o limite era de 35%. A partir desta segunda-feira, todos os estudantes também terão acesso ao projeto de recuperação. A Secretaria Municipal de Educação informou que os alunos matriculados a partir do 3º ano do ensino fundamental que não atingiram os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento propostos para cada ano vão participar da recuperação paralela, aplicada no contra turno escolar. Crianças em fase de alfabetização também vão receber atividades especiais no segundo semestre.