Ex-vereador suspeito de matar esposa grávida na Bahia é preso

George Passos Santana matou Jéssica Regina Macedo Carmo no último sábado, 5, com arma de fogo

  • Por Jovem Pan
  • 11/02/2022 23h17
Reprodução / Facebook Ex-vereador abraça mulher grávida em festa de ano novo George Passos Santana matou a esposa com tiro de arma de fogo

O ex-vereador baiano George Passos Santana, 41 anos, foi preso em Feira de Santana (BA) nesta sexta, 11, acusado de ter assassinado a esposa Jéssica Regina Macedo Carmo, 31, que estava grávida de nove meses. Jéssica foi morta com um tiro de espingarda calibre 22 no último sábado, 5, na cidade de Santo Estêvão, onde o casal vivia. George alega que o tiro foi acidental, versão que a família da vítima contesta. Após análises de provas e depoimentos colhidos ao longo da semana, a prisão temporária do ex-vereador foi decretada. Ele foi levado para a sede da 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Feira de Santana), onde foi ouvido, e posteriormente encaminhado ao sistema prisional.

A Polícia afirma não descartar nenhuma linha de investigação até o momento, e avalia se o ocorrido pode ter sido um feminicídio. O ex-vereador se apresentou voluntariamente na delegacia em Feira de Santana após o crime e alegou que teria sido chamado pela mulher ao quarto. Quando chegou, ela segurava a arma e perguntava se ele a trairia. George conta que tentou desarmá-la e foi nesse momento que o tiro saiu. Tanto Jéssica quanto o bebê acabaram morrendo. O PT suspendeu a filiação do ex-vereador enquanto prosseguem as investigações. Ele estava trabalhando como chefe de gabinete da prefeitura de Santo Estêvão, mas foi exonerado após a morte.