Fiocruz pede à Anvisa aprovação de novo teste para detectar influenza e Covid-19 ao mesmo tempo

Fundação ainda prevê pedir registro de outro teste na semana que vem, capaz de diferenciar as variantes do coronavírus

  • Por Jovem Pan
  • 19/01/2022 17h08
FABRÍCIO COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Profissional da saúde realiza teste RT-PCR em mulher Ambos os testes novos são do tipo RT-PCR, considerado 'padrão ouro' para a detecção do vírus

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) finalizou o desenvolvimento de dois novos testes para detectar Covid-19, e pediu o registro de um deles na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta terça, 18. O novo produto, chamado ‘Kit Molecular Inf A/Inf B/SC2’, é do tipo RT-PCR e diferencia os vírus da Influenza A, B, que causam gripe, do Sars-CoV-2, tornando possível diagnosticar estas doenças em um único teste. O outro é o kit molecular ‘Quadriplex SC2/VOC’, também RT-PCR, capaz de detectar se o coronavírus presente no corpo é das variantes Alfa, Beta, Gama, Delta e Ômicron. Ele deve ser submetido para registro na Anvisa até a próxima semana.

De acordo com a Fiocruz, a intenção é ajudar nas estratégias de enfrentamento à Covid-19 e dos casos de gripe no Brasil, ambas doenças que vem tendo crescimento de casos acentuado em dezembro e janeiro. “A disponibilização destes kits no Sistema Único de Saúde permitirá de modo econômico e com alto processamento a identificação viral oportuna destes agentes, com o método que é o padrão ouro para o diagnóstico das doenças causadas por vírus respiratórios no mundo”, explicou o virologista e pesquisador do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo do IOC/Fiocruz Fernando Motta.