Gata de estimação é primeiro animal detectado com Covid-19 no Brasil

Amostra retirada de gata com poucos meses de idade comprovou doença adquirida em uma festa de família em Cuiabá; animal ficou assintomático

  • Por Jovem Pan
  • 19/10/2020 16h07 - Atualizado em 19/10/2020 16h07
Holgers Fotografie / Creative CommonsGata ficou assintomática [imagem ilustrativa]

Uma gata de estimação da cidade de Cuiabá foi o primeiro animal doméstico a testar positivo para o novo coronavírus no Brasil. Com poucos meses de idade e exposta ao vírus em uma festa de família que terminou com a infecção de um grupo de pessoas, o animal teve amostra coletada pela professora Valéria Dutra, do departamento de veterinária da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), e confirmada pelo professor Alexander Biondo, que coordena uma pesquisa sobre o assunto na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Segundo a instituição de ensino, a amostra recolhida na gata foi enviada para Curitiba e um exame PCR foi realizado, detectando a presença do novo coronavírus. Apesar da contaminação, o animal ficou assintomático, assim como uma criança da família. Até o momento, não há pesquisas que comprovem a transmissão do vírus de animais para seres humanos ou para outros animais.

A análise das amostras feitas pela UFPR representam uma pesquisa inédita nas Américas sobre a relação entre o novo coronavírus e os animais domésticos. A princípio, a UFPR recruta donos que foram contaminados pela doença para testar bichos de estimação da família. Inicialmente, Curitiba, Belo Horizonte, Campo Grande, Recife e São Paulo são as cidades analisadas pela pesquisa. Interessados em participar do estudo podem buscar mais informações pelo e-mail covid19@ufpr.br.