Governo da Bahia declara situação de emergência em 24 cidades do sul do Estado por inundações

Gestão estadual desloca bombeiros e helicópteros a cidades atingidas com cestas básicas; equipes tentam liberar estradas

  • Por Jovem Pan
  • 10/12/2021 20h35 - Atualizado em 10/12/2021 20h39
Divulgação / Governo da Bahia Pessoas retiram cestas básicas de helicóptero em campo gramado Governo da Bahia desloca força-tarefa para doar cestas básicas para região atingida por chuvas

O governo da Bahia declarou situação de emergência em 24 cidades do sul do Estado por conta das fortes chuvas e inundações que atingiram a região nos últimos dias. As tempestades atingem o extremo sul baiano desde o começo do novembro, mas se intensificaram no começo de dezembro e estão previstas para prosseguir nos próximos dias. Diversas localidades estão ilhadas, de acordo com a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec). Na cidade de Teixeira de Freitas, três pessoas morreram em deslizamento de terra, sendo duas delas crianças. O governo baiano deslocou helicópteros e 40 bombeiros para a região atingida, principalmente as cidades de Canavieiras, Itamaraju, Prado, Teixeira de Freitas e Jucuruçu e também realizou a distribuição de cestas básicas, colchões, lençóis, lonas, cobertores e outros itens. Problemas foram registrados em estradas como a BA-284 (rompimento de aterro), a BA-290 (deslizamento de terra e queda de árvores) e a BR-489 (pista cedeu) e equipes da Secretaria de Infraestrutura estadual tentam resolver.  A Jovem Pan tentou contato com o governo baiano em busca de informações sobre o número de mortos, desalojados e estimativa de prejuízos financeiros, mas não obteve retorno.