Justiça concede habeas corpus e DJ Ivis responderá a processo por violência doméstica em liberdade

Músico teve pedido negado anteriormente seis vezes; imagens mostram ele agredindo a ex-esposa

  • Por Jovem Pan
  • 22/10/2021 22h56
Reprodução/Instagram @djivisDJ Ivis agrediu ex-esposa Pamella Rosa com socos, tapas, puxões de cabelo e outros golpes

A Vara Única da Comarca de Eusébio, integrante da Justiça do Ceará, concedeu habeas corpus ao músico Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis, nesta sexta, 22. DJ Ivis foi preso em flagrante no dia 14 de junho após vídeos serem divulgados mostrando a violência doméstica cometida por ele contra a ex-esposa, Pamella Holanda. As imagens mostram o músico dando socos, tapas, puxões de cabelo e tentando bater a cabeça da então esposa no sofá em um apartamento onde moravam em Fortaleza, na frente da mãe de Pamella, da filha de nove meses do casal e de um amigo da família. O habeas corpus de DJ Ivis foi concedido apenas no sétimo pedido dos advogados dele – os seis anteriores foram negados, até mesmo pelo Supremo Tribunal Federal, em decisão monocrática do ministro Gilmar Mendes. A defesa do músico alega que não há motivos para se pensar que ele descumpriria as medidas protetivas que garantem a integridade da vítima. A denúncia apresentada à Justiça e aceita na Vara Única de Eusébio aponta que ele cometeu violência física, psicológica, patrimonial e moral contra a ex-mulher. Após o caso, Ivis perdeu o contrato com a gravadora Sony e com a produtora Vybbe, músicos cancelaram parcerias com ele e suas canções foram excluídas de aplicativos de música.