Latam cancela 49 voos após aumento de casos de Covid-19 e Influenza

Companhia aérea informou que passageiros diagnosticados com o vírus poderão remarcar a data da viagem sem multa

  • Por Jovem Pan
  • 09/01/2022 16h07 - Atualizado em 09/01/2022 16h09
Roberto Casimiro/Estadão Conteúdo Aviões da Latam Latam cancelou 49 voos após aumento de casos de Covid-19

A Latam informou neste domingo, 9, que cancelou pelo menos 49 voos domésticos e internacionais após a alta de casos de Covid-19 e Influenza no país. Passageiros diagnosticados com as doenças poderão remarcar a data da viagem sem multa, mas pagando diferença tarifária, se houver. “O cliente poderá viajar a partir de 14 dias após o diagnóstico da doença ou certificando que não está mais na fase de contágio”, declarou a companhia aérea em comunicado. Segundo a empresa, as rotas canceladas representam 1% do total de voos. “A Latam lamenta essa situação, totalmente alheia à sua vontade. Antes de se dirigir ao aeroporto, a companhia orienta que o cliente confira o status do seu voo diretamente em latam.com. Caso o voo tenha sido alterado, o cliente deve realizar o login no site da Latam e acessar Minhas Viagens > Administrar suas viagens. Neste mesmo campo, pode remarcar a sua viagem sem multa e diferença tarifária ou solicitar o reembolso da passagem sem multa”, disse a companhia.

A alta de casos de Covid-19 também prejudicou voos da Azul. “A companhia registrou um aumento no número de dispensas médicas entre seus tripulantes – casos esses que, em sua totalidade, apresentaram um quadro com sintomas leves – e tem acompanhado o crescimento do número de casos de gripe e Covid-19 no Brasil e no mundo”, informou. Apesar da situação, a Azul diz que mais de 90% das operações da companhia estão funcionando normalmente e que “os clientes impactados estão sendo notificados das alterações, reacomodados em outros voos da própria companhia e recebendo toda a assistência necessária conforme prevê a resolução 400 da Anac”.