Minha preocupação é deixarem que 2ª instância caia no esquecimento, diz Kim Kataguiri

  • Por Jovem Pan
  • 08/12/2019 17h52
Para o deputado, regimentalmente, ainda há tempo de aprovar a prisão em 2ª instância em 2019

O deputado federal Kim Kataguiri teme que a pauta da segunda instância “caia no esquecimento” com a virada do ano, como aconteceu com a reforma tributária na virada do semestre. Em entrevista à Jovem Pan, ele reforçou a importância das manifestações.

“Se a gente abrir mão de manifestar, vão enrolar a segunda instância assim como estão enrolando a reforma tributária. Minha maior preocupação é manter essa pressão popular.”

Ele ainda ressaltou que, apesar de ainda não existir um cronograma oficial, o MBL já está programando manifestações para 2020. “A população precisa continuar atenta e o MBL vai continuar se mobilizando.”

Para o deputado, regimentalmente, ainda há tempo de aprovar a prisão em 2ª instância em 2019. Mas ele lembra que, em relação a PEC, é preciso aguardar 40 sessões para o prosseguimento do assunto. “Havendo vontade política de aprovar a segunda instancia nesse ano tem como levar legalmente ao plenário e ser aprovado.”

“Precisamos manter essa mobilização popular porque hoje temos voto para aprovar a pauta. Ano que vem não temos certeza porque o debate eleitoral pode tomar a frente perante a segunda instância”, completou.

Kim lembrou que viu poucos parlamentares do PSL nas ruas neste domingo (8). “Não vejo o mesmo engajamento da sigla na pauta da segunda instância assim como via em outras manifestações que envolviam pautas de apoio ao presidente. Como uma das reivindicações era a CPI da Lava Toga, a gente não vê tanta adesão.”