Ministério da Saúde estima economia de até R$ 150 bilhões com vacinação contra a Covid-19

Pasta fez uma análise técnica sobre o custo benefício da imunização, considerando as vacinas AstraZeneca e Pfizer

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2021 15h40 - Atualizado em 26/06/2021 16h02
ADRIANA TOFFETTI/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 26/01/2021 Vacinação contra a Covid-19

A vacinação contra a Covid-19 pode trazer economia de até R$ 150 bilhões aos cofres públicos nos próximos cinco anos, segundo estimativa da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias (Conitec) no Sistema Único de Saúde (SUS), vinculada ao Ministério da Saúde. A pasta fez uma análise técnica sobre o custo benefício da imunização, considerando as vacinas AstraZeneca e Pfizer. Segundo o Conitec, em um cenário sem a vacinação, haveria mais gastos do SUS com internações hospitalares e exames laboratoriais em pacientes com Covid-19. “A avaliação econômica demonstrou-se favorável à vacinação, com ambas as vacinas”, destaca um trecho do relatório. “Esses dados mostram que o nosso trabalho é feito com base em critérios técnicos e científicos na aquisição e incorporação de vacinas contra a Covid-19”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.