Motoristas de vans e trabalhadores do setor de eventos protestam em São Paulo

As categorias estão paralisadas desde o início da pandemia e pedem auxílio emergencial e linha de crédito; com buzinaço, os motoristas passaram pela Avenida Paulista

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2020 14h34
AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDODonos de vans escolares fazem protesto em frente a sede da Prefeitura de São Paulo no Viaduto do Chá na manhã desta sexta-feira 14, profissionais do setor estão parados desde o inicio da quarentena por conta da pandemia da COVID-19 no Brasil, eles pedem auxilio emergencial e demais providencias da Prefeitura e Governo do Estado

Motoristas de vans escolares, trabalhadores do setor de eventos e donos de bufês protestaram nesta sexta-feira (14) em São Paulo. Os setores foram duramente impactados pela pandemia do novo coronavírus. Os motoristas reivindicam auxílio emergencial para as necessidades básicas das famílias e uma linha de crédito para que possam arcar com as prestações dos veículos.

A concentração dos manifestantes aconteceu na manhã desta quinta no Pacaembu, passou em carreata pela Prefeitura de São Paulo e pela Avenida Paulista. Os profissionais do setor de festas infantis e eventos sociais Camila Reis se concentraram em frente à sede da Prefeitura de São Paulo no Viaduto do Chá, onde fizeram apelos por ajuda. O setor de eventos é um dos mais prejudicados pela pandemia no Brasil. O protesto aconteceu de forma pacífica e acompanhado pela Guarda Civil Municipal.