‘Não tem preço o que as pessoas estão fazendo’, diz Bolsonaro sobre manifestações pró-governo

  • Por Jovem Pan
  • 15/03/2020 14h12 - Atualizado em 15/03/2020 16h31
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada na tarde deste domingo (15) e deu um passeio de carro no comboio presidencial pela Esplanada dos Ministérios até o Palácio do Planalto, onde manifestantes se reuniram em atos pró-governo — mesmo com a orientação para evitar aglomerações em meio à pandemia do novo coronavírus.

“Não tem preço o que as pessoas estão fazendo”, disse o presidente. “Se trabalharmos pelo Brasil, a gente decola. Estamos todos no mesmo barco”, completou.

Em determinado momento, Bolsonaro, vestindo uma camisa da Seleção Brasileira e sem máscara cirúrgica, deixou o veículo e se dirigiu até alguns apoiadores, cumprimentando e tirando fotos, sob gritos e aplausos. A interação foi transmitida em live na página do presidente no Facebook.

Testado para Covid-19

Mesmo com os resultados dos exames negativos, o presidente Jair Bolsonaro vai repetir o teste de coronavírus no início da próxima semana. Na última semana, a equipe médica da Presidência havia informado também que ele deveria ficar mais alguns dias em isolamento no Palácio da Alvorada.

A medida seria necessária pelo tempo que o presidente passou Fabio Wanjgaerten, secretário de Comunicação do Governo diagnosticado com a doença na última quinta. Um dos médicos explicou o período de isolamento. “Ele segue de quarentena até o começo da próxima semana no Palácio do Alvorada. Precisa ficar isolado pelo menos sete dias depois do contato.”

Na ocasião, na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse para apoiadores que a vida segue “normal” após exames. “Vida segue normal, um grande desafio pela frente e muitos problemas para serem resolvidos”. O presidente, porém, preferiu não cumprimentar as pessoas. “Apesar do meu teste ter dado negativo, eu não vou apertar a mão de vocês.”