Novos celulares devem vir com FM habilitado, determina Ministério das Comunicações

Segundo o ministro Fábio Faria, a determinação não vai gerar custos adicionais às empresas

  • Por Jovem Pan
  • 05/05/2021 09h49
Evandro Leal/Estadão ConteúdoDados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) apontam que 83% dos celulares fabricados no país em 2019 já possuíam a recepção FM

O Ministério das Comunicações estabeleceu nesta terça-feira, 4, que os novos modelos de celulares fabricados no Brasil devem vir com a recepção de rádio FM habilitada. Atualmente, cerca de 90% dos telefones produzidos pelas indústrias do país possuem rádio, mas, segundo o ministro Fábio Faria, parte deles não têm o recurso ativado. De acordo com o chefe da pasta, a determinação não vai gerar custos adicionais para as empresas. “Com essa ligação, nós teremos condições de levar informações para todos os brasileiros. É uma ação voltada principalmente para quem vive em zonas mais remotas”, disse o ministro. Segundo o governo federal, dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) apontam que 83% dos celulares fabricados no país em 2019 já possuíam a recepção FM. Agora, com a portaria, os aparelhos serão habilitados pelas operadoras.

Além de Fábio Faria, o secretário de radiodifusão do Ministério das Comunicações, Maximiliano Martinhão, também comentou a portaria, destacando a importância do rádio como meio de comunicação, especialmente para populações sem acesso à internet. “O rádio é o meio de informação mais rápido e próximo da população. Seja nas grandes ou pequenas cidades do país, ele informa, entretém e presta serviços com qualidade e responsabilidade social”, disse, ressaltando que a mudança também “protege o direito do consumidor e cumpre o dever constitucional de direito à informação para a população brasileira”.