Onyx diz que governo ainda vai realizar estudos sobre privatização da Petrobras

  • Por Jovem Pan
  • 21/08/2019 20h39
Marcos Corrêa/PRPesquisas serão realizadas pelo próprio PPI, pelo BNDES e pelo Ministério de Minas e Energia

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o governo ainda não decidiu colocar a Petrobras na carteira do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Quando uma empresa passa a fazer parte dele, é possível iniciar estudos para decidir a respeito de uma futura privatização.

O ministro afirmou que o governo ainda vai realizar estudos para definir o futuro da companhia, que serão realizados pelo próprio PPI, pelo BNDES e pelo Ministério de Minas e Energia. Segundo ele, isso será feito de forma criteriosa.

“Temos muito a fazer antes de poder trazer todas as áreas (da Petrobras) em processos de privatização”, afirmou. “A Petrobras é gigantesca. O MME vem conduzindo um processo adequado e feito estudos de profundidade”, disse o ministro, referindo-se a estudos para venda de refinarias.

Governo vai privatizar nove estatais

Em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (21), o governo anunciou um plano para privatizar nove empresas estatais: Telebras, Correios, Codesp, Dataprev, Serpro, Emgea, Ceitec, Ceagesp e ABGF.

No total, conforme adiantado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, 17 ativos estão incluídos no PPI. Além dos 9 nomes citados, estão outras oito estatais que já estavam anteriormente no programa — Lotex, Eletrobras, Casa da Moeda, Ceasaminas (Centrais de Abastecimento de Minas Gerais), CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos), Trensurb (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre), Porto de São Sebastião e Porto do Espírito Santo –, além de ações excedentes do Banco do Brasil.