Para conter a Covid-19, onze capitais já cancelaram o carnaval de rua de 2022

Cidades que abrigam celebrações tradicionais como Salvador e Rio de Janeiro já anunciaram o cancelamento dos desfiles de blocos

  • Por Jovem Pan
  • 05/01/2022 21h19
Reprodução/Prefeitura de Salvador Carnaval de rua em Salvador Carnaval de rua em Salvador

Em meio ao crescimento do número de casos de Covid-19 causados pela variante Ômicron, 11 capitais já cancelaram os eventos do carnaval de rua. Até esta quarta-feira, 5, outras 10 capitais ainda não se posicionaram sobre o tema. Dentre as cidades que cancelaram as celebrações carnavalescas estão o Rio de Janeiro e Salvador, dois dos destinos mais procurados pelos foliões. Outras capitais que anunciaram o cancelamento das atividades são Belém, Belo Horizonte, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Recife e São Luís. Já do lado que não se posicionou temos São Paulo, que reúne milhões de foliões nos blocos de rua. Além da capital paulista, Brasília, Boa Vista, Natal, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho e Rio Branco também não comunicaram se irão permitir os desfiles ou não. Outras cidades que não são capitais mas que atraem muitos turistas, como Olinda e Ouro Preto, também anunciaram o cancelamento recentemente.