Polícia investiga relato de assédio de turista durante voo de asa delta no litoral de SP

Mulher de 28 anos teria sido apalpada e forçada a tocar em órgão genital de instrutor de voo quando eles ainda estavam no ar na cidade de Bertioga

  • Por Jovem Pan
  • 05/03/2021 16h34
Jaclou-DL/Creative CommonsCaso de assédio teria ocorrido durante voo no litoral paulista

Uma turista de 28 anos que visitava a cidade de Bertioga, no litoral de São Paulo, na última quarta-feira, 3, relatou à polícia que foi assediada por um instrutor de asa delta durante um voo com ele na Praia de Itaguaré. A vítima teria conhecido o homem na praia e perguntado se poderia participar de um voo. Quando os dois ainda estavam no ar, o instrutor teria conduzido a mão da mulher até os órgãos genitais dele e passado a mão pelo corpo dela. Ao pousar, ele teria tentado agarrá-la e insistido. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do estado, a mulher foi até a Delegacia de Bertioga prestar depoimento e fazer um boletim de ocorrência por importunação sexual. O caso corre em segredo de Justiça e as identidades de vítima e suspeito não foram divulgadas.